Tags

, ,

The Star (are out tonight) foi lançada hoje e já está entre as melhores músicas do ano. Como não poderia deixar de ser, o Nada de meias palavras traz uma tradução inédita e exclusiva do novo single de David Bowie.

As Estrelas (estão lá fora hoje à noite) 

As estrelas nunca dormem

As vivas e as mortas

 

Nós vivemos mais perto da terra

E nunca dos céus

As estrelas nunca somem

As estrelas estão lá fora hoje à noite

 

Elas nos observam por trás de suas sobras

Jack e Kate e Brad

Por suas janelas de vidro fumê

Brilhando como o enegrecido nascer do sol

 

As estrelas nunca dormem

As vivas e as mortas

 

Esperando pelo primeiro movimento

Engraçadões e as mulheres de seus filhos

Esperando pelo último movimento

Sorvendo o nosso mundo primitivo

 

As estrelas nunca dormem

As vivas e as mortas

 

O ciúme delas está transbordando

As estrelas devem se juntar

Nunca estaremos livres delas

Mas espero que vivam para sempre

 

E elas sabem o que fazemos

E que não dormimos de tanta preocupação

Elas estão esperando para fazer o primeiro movimento

As estrelas estão lá fora hoje à noite

 

Agora elas subiram as escadas

Sem sexo e inconscientes

Elas são as estrelas e estão morrendo por você

Mas espero que vivam para sempre

 

Elas te excitam que sorrisos radiantes

As estrelas devem ficar juntas

Elas sucumbem e se envergonham ou bebem e têm medo

Mas espero que vivam para sempre

E elas sabem o que fazemos

E que não dormimos de tanta preocupação

Elas estão esperando para fazer o primeiro movimento em nós

As estrelas estão lá fora hoje à noite

 

As estrelas nunca dormem

As vivas e as mortas

Anúncios